12 de jul de 2011


Despedida não sei se fiquei feliz ou triste com isto, sinto que afinal tudo o que parece é apenas uma ilusão, um erro... Vou ter saudades, tenho medo, tenho vontade de chorar com raiva de tudo e perguntar-me porquê? porque sou tão ingénua ao ponto de pensar que poderia dar certo? Que raiva, detesto-me, detesto-me com todas as palavras MAS PORQUÊ? sou tão.. Queria alguma coisa que me fizesse ficar feliz! queria que alguma coisa acontece-se de bom na minha vida, preciso sorrir, preciso um olhar reconfortante, um abraço, alguma coisa.. Custa ver-te partir por entre os meus dedos, custa olhar para trás e pensar que erro, que vontade de ter feito as coisas de outra maneira 
O amor faz-nos cada coisa, trama-nos sem querer... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário